Dívidas, como se livrar delas?

Por Álvaro Cabral



Viver endividado é a realidade de grande parte dos brasileiros.

Segundo o estudo divulgado pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), em setembro, o índice de famílias que declararam ter dívidas é de 61,4%, situação que pode virar um sério problema, quando foge do controle.

Muitas vezes, gastamos mais do que o esperado e reconhecer isso não é fácil.

A porcentagem de famílias brasileiras, que assumiram não ter condições de pagar as suas dívidas é de 7,0 %.

Resumo dos resultados (% em relação ao total de famílias)MêsTotal de endividadosDívidas ou contas em atrasoNão terão condições de pagarSet./201258,9%19,0%7,1%Ago./201363,1%21,8%7,0%Set./2013 61,4% 20,6% 7,0%

Fonte: CNC – Pesquisa Nacional de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic) – Setembro 2013

Disciplina e sacrifício são requisitos para colocar as dívidas em ordem e para isso é necessário fazer um planejamento financeiro.

O primeiro passo é saber o quanto exatamente você está devendo, faça uma planilha com a fonte de cada dívida e o seu valor correspondente. É partir dessa análise detalhada que serão traçados os próximos passos.

O recomendado é começar pelas dívidas que tem os juros mais altos, como as de cartão de crédito e empréstimos. A quitação das dívidas deve seguir este raciocínio, priorizando as que comprometem o orçamento e o estilo de vida para em seguida, eliminar as mais simples.

Negociar com os credores é um passo fundamental em caso de endividamento, converse com seu credor e apresente o quanto você pode pagar mensalmente. Não concorde com uma proposta que você não poderá cumprir.

Despesas com aluguel, prestações de carro e contas de imóveis são difíceis de diminuir, mas pequenos gastos no dia a dia, como, por exemplo, aquele docinho comprado na padaria depois do almoço, a revista baratinha para passar o tempo no transporte, entre outros tantos gastos desnecessários fazem grande diferença no nosso bolso. Procure poupar seu dinheiro e fazer um fundo de emergência para qualquer eventualidade.

Como NegociarEvite negociar com o credor sozinho. Se não tiver experiência, leve um amigo ou parente para ajudá-lo. Informe-se sobre as taxas de juros aplicadas sobre cada modalidade de crédito.Recalcule as taxas de juros cobradas pelo banco. Vale a pena checar se tudo está correto.Ofereça uma proposta de pagamento. Os bancos costumam ser receptivos nesses casos. Não tenha vergonha: se não tiver dinheiro para pagar o empréstimo, diga isso claramente à instituição.

Instituições que podem ajudar a negociar suas dívidas

Porto Velho – RO

Posto de Atendimento da Defensoria Pública do Estado de Rondônia – Zona Leste

Associação São Tiago Maior – Rua Mané Garrincha, 3154 – Bairro Socialista

Atendimento: 2ª a 6ª feira, das 7h30 às 13h30

http://www.defensoria.ro.gov.br

Procon

Shopping Cidadão – Av. 7 de Setembro – Centro

Tel.: (69) 3216 1026/1018 Atendimento: 2ª a 6ª feira, das 08h às 13h e das 14h às 18h

procon-ro@bol.com.br

#rondonia #ÁlvaroCabral #portovelho #SHOPPINGCIDADÃO #COMONEGOCIAR #PROCON #DÍVIDAS

0 visualização0 comentário