Água e Fogo em Nova Mutum-Paraná

Por Mabline Martiniano Foto Andressa Rocha

Duas semanas de fogo resultaram na destruição de 150 hectares em Nova Mutum-Paraná. A vegetação, que rodeava Nova Mutum, desapareceu e o que restou foi somente a fumaça. Além da destruição, ocasionada pelo fogo, aconteceu também uma forte chuva, que estragou mais de 120 casas e os pertences de seus moradores.


Incêndio

Incêndio


E tudo isso aconteceu no mês de setembro, época que marca o início das chuvas em Rondônia. O engenheiro de segurança do trabalho da Energia Sustentável do Brasil, Oscar Chaves, contou que o fogo destruiu mais de 3.000 mudas de plantas. Para evitar que o fogo se alastrasse foram utilizadas máquinas com pás carregadeiras e um caminhão pipa, fornecidos pela BS Construtora.


Estragos causados pelas chuvas

Estragos causados pelas chuvas


Segundo o engenheiro da Energia Sustentável do Brasil, Wagner Roberto, responsável pelas construções de Nova Mutum-Paraná, as propriedades destruídas pela chuva foram recuperadas em uma semana, já as construções em andamento, que sofreram estragos maiores, levaram o prazo de 15 dias.

0 visualização0 comentário